A poderosa ferramenta de anúncios do Facebook

Vejo que cada vez mais pessoas e empresas estão utilizando a ferramenta de anúncios do Facebook para aumentar a visibilidade de seus negócios, e isto é excelente. O problema é que sem a orientação adequada, várias destas pessoas e empresas irão perder dinheiro.

Bom quero começar dizendo que estou muito feliz em perceber que cada vez mais os empreendedores, seja de negócios offline ou online, estão percebendo a poderosa ferramenta de anúncios do Facebook.

Por ser a maior rede social do mundo (considerando também o Instagram), esta incrível ferramenta possui um gigantesco banco de dados demográficos e de comportamento de todos os seus usuários. Estes dados utilizados da maneira correta, fazem com que os empresários consigam “mostrar” suas empresas e produtos para seu público de maneira cada vez mais assertiva.

A importância dos públicos de interesses

Antes de mais nada quero ressaltar que talvez o maior trunfo da ferramenta de anúncios do Facebook (também conhecida como Facebook Ads) é a quantidade de segmentação por interesses dos públicos, ou seja, a ferramenta está constantemente catalogando os interesses de seus usuários em categorias de forma a ter um banco de dados estruturado de seus comportamentos.

 Podemos ter como exemplo pessoas que tem interesse por “saúde e bem estar”, que é uma das categorias de interesses que você pode selecionar na ferramenta. Ao longo do tempo milhares de usuários passaram a interagir com um player muito famoso chamado Dr. Drauzio Varella, de forma que “Dr. Drauzio Varella” passou a ser uma categoria de interesse específico.

A grande Sacada para anúncios no Facebook está relacionada a esta inteligência da ferramenta, mas calma, já chegaremos lá.

Além desse banco de dados gigantesco que cataloga os interesses das pessoas baseadas em seu “comportamento dentro do Facebook e Instagram”, também existem as segmentações baseadas em “dados demográficos”, que são os “campos preenchíveis onde o usuário declara alguns quesitos pessoais  como: estado civil, faculdade que cursou, idade, etc.

Estas duas categorias de dados (demográficos e de interesses) são a grande chave que os empreendedores utilizam para segmentar seu público alvo de forma a “encontra-los” em seus anúncios pagos.

Outros públicos na biblioteca de anúncios do Facebook

Neste artigo eu estou tratando apenas dos públicos de “interesses” que são os primeiros públicos que um usuário faz logo que começa a fazer anúncios pagos dentro da biblioteca de anúncios do Facebook, mas é importante que você saiba que existem outros tipos de públicos que você pode fazer dentro da ferramenta.

São exemplos de públicos:

  • Envolvimento: pessoas que tiveram algum envolvimento com publicações suas como:  curtir, comentar e compartilhar.
  • Vídeo View: pessoas que assistiram e tiveram algum envolvimento com vídeos seus como: assistir, comentar e compartilhar.
  • Tráfego no site: pessoas que acessaram um site seu que possui o pixel do Facebook Instalado.
  • Público de lista: públicos de uma lista de e-mail que você tenha feito o upload para o Facebook.
  • Look a like: públicos similares a um público seu, onde a ferramenta irá “procurar” outros usuários com comportamentos “parecidos” aos comportamentos dos seus clientes.

Como você pode ver, o Facebook/Instagram é uma poderosíssima ferramenta de divulgação e, principalmente, relacionamento para sua Empresa.

Quando você trabalha com anúncios pagos, você tem a possibilidade de segmentação que permitirá que você impacte teu público alvo “em cheio”. 

Espero ter contribuído com você.

Um abraço, José Marcos.